PANTANAL NOTÍCIAS MS

NOTÍCIAS DE CAMPO GRANDE E MATO GROSSO DO SUL

Sem categoria

Agência Minas Gerais | Governo de Minas anuncia construção de terminal de ônibus metropolitano em Santa Luzia

O vice-governador de Minas Gerais, Professor Mateus, anunciou, na noite dessa quinta-feira (4/7), a construção de um novo terminal de ônibus para a integração com a Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O convênio, firmado entre o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias (Seinfra), e a Prefeitura de Santa Luzia, busca fortalecer a mobilidade urbana e a infraestrutura da região.

Com investimentos de cerca de R$ 24 milhões, sendo R$ 18,2 milhões provenientes do Estado, o Terminal Santa Luzia será construído em uma área de 17 mil metros quadrados na Avenida Raul Teixeira da Costa.

Durante coletiva de imprensa realizada no local onde o terminal será construído, o vice-governador destacou a importância da obra. “O novo terminal vai reduzir o tempo de deslocamento das pessoas, principalmente daquelas que usam Santa Luzia como meio de acesso a Belo Horizonte”, afirmou. 








 
 
   
   

Estima-se que até 20 mil passageiros serão beneficiados com a construção do equipamento, com a perspectiva de atendimento de até 1,5 mil pessoas, por hora, no período de maior demanda.

Estudos projetam melhoria na mobilidade, redução de tempo de viagem, alívio no trânsito do Vetor Norte e facilitação do atendimento às cidades vizinhas, como Jaboticatubas e Taquaraçu de Minas.

As linhas que vão operar no terminal ainda serão definidas em um estudo de reestruturação da rede de atendimento à região, que está em desenvolvimento pela Seinfra em parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge).

O secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias, Pedro Bruno, ressaltou o ganho de tempo nas viagens.








 
 
   
   


Estrutura

O Terminal Santa Luzia deverá operar como sistema tronco-alimentador, com as plataformas troncais elevadas compatíveis com o sistema Move dos corredores das avenidas Cristiano Machado, Pedro I e Antônio Carlos.

Dados da Seinfra apontam que a integração das linhas no terminal pode promover uma economia estimada de 35% na produção quilométrica diária (medida da circulação das viagens) e reduzirá em aproximadamente 27% a frota necessária para o transporte dos usuários.

O novo terminal também deve diminuir o tempo de viagem na MG-020, além de minimizar a emissão de CO2, com expectativa de redução de 1,1 tonelada por km/hora de pico e 13,2 toneladas por km/dia.

A licitação da obra e a execução dos serviços ficarão sob responsabilidade do município. A previsão é a de que as obras sejam concluídas em aproximadamente dois anos.

Além das instalações básicas, como as plataformas, salas de administração e sanitários, o local também vai contar com estacionamento para veículos leves, motos e bicicletário.

O projeto prevê, ainda, serviços preliminares e de instalação da obra, fundações e estruturas de concreto, arquitetura, instalações hidráulico-sanitárias, elétricas e de automação, sistema de proteção contra descargas atmosféricas, sistema de combate a incêndios, telecomunicações, internet, dados de voz e câmeras de monitoramento, drenagem pluvial, pavimentação, sinalização, urbanização e paisagismo.

Terminal São Benedito

O Terminal São Benedito, único em funcionamento atualmente no município, continuará operando. A ideia é que seja feito um estudo pela Seinfra para redistribuição das linhas alimentadoras e troncais entre os dois terminais para otimizar o atendimento aos usuários.